Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Fale conosco via Whatsapp: +55 15 997402138
No comando: Programação Musical

Das 00:00 às 07:00

No comando: Jornal da Nova

Das 07:00 às 10:00

No comando: Programação Musical

Das 07:00 às 16:00

No comando: Programação Musical

Das 07:00 às 23:00

No comando: Programação Musical

Das 10:00 às 17:00

No comando: Tarde Tropical

Das 16:00 às 18:00

No comando: Toca Brasil – As Mais Pedidas

Das 17:00 às 18:00

No comando: Tropical no Esporte

Das 18:00 às 19:00

No comando: Tropical à Noite

Das 20:00 às 22:00

No comando: Voz da Verdade

Das 22:00 às 23:59

Menu

CRÔNICAS DE UMA INSONE APAIXONADA – Numa noite de chuva

Não faz muito tempo que numa noite fresca, noite linda, de céu estrelado, que eu estava na companhia de uma garota realmente maravilhosa; ela possuía reluzentes cabelos ruivos e compridos, os olhos azuis, magníficos, e eu estava a apreciar sua beleza, quando uma chuva fina nos caiu sobre o rosto, e ela olhou para mim e sorriu, boca delicada, notei seus olhos brilhantes que me cativam, ela me fitou por um minuto; nós estávamos sentados sobre a grama, que assim como nós, estava encharcada, mas nem por isso deixei de me deitar, logo, ela veio acostar sua cabeça em meu ombro, e eu pude tocar em seus cabelos, acariciar-lhe na sua mais bela forma, cabelos molhados, lindos; e ela pousou a mão direita em meu peito, e com tal gesto, respirei fundo, mordi os lábios, fiquei um pouco mais agitado, senti-me eufórico, porque ela deslizava a mão para lá e pra cá, para dar-me um carinho, e eu continuava nervoso, mas acariciando-lhe na nuca; depois ela se sentou, apoiada em mim, com as duas mãos em meu peito, me apertando, e ela estava me olhando, então me inclinei em sua direção e ela sorriu, me aproximei mais um pouco, logo eu estava sentado, as mãos dela já estavam paradas em meu pescoço, e senti a respiração mais difícil, ela estava esperando alguma coisa, eu estava nervoso demais, mas levei minhas mãos ao seu rosto e puxei-a para mais perto de mim, olhei aqueles lábios, então ela me beijou; foram minutos intermináveis, até que ela se afastou, olhou sorrindo, eu devia estar muito envergonhado e com o rosto corado, olhei para ela, sorri, olhei para seus lábios novamente, ela ainda estava perto de mim, então, com minhas mãos entre seu rosto, só pensava em beijá-la novamente, e foi o que fiz, numa noite de chuva, eu beijei uma garota única, incrível, maravilhosa, eu a beijei, numa noite fresca, numa noite de céu estrelado, foi numa noite de chuva!

Deixe seu comentário: