Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Região de Sorocaba tem queda de 21% em mortes no trânsito - Nova Tropical Fm

Fale conosco via Whatsapp: ++55 15 997402138

No comando: Tropical Light

Das 00:00 às 05:00

No comando: Tropical Sertanejo

Das 06:00 às 08:00

No comando: Jornal da Nova Tropical

Das 08:00 às 10:00

No comando: Canta Brasil

Das 10:00 às 12:00

No comando: Tropical News

Das 10:00 às 12:00

No comando: Programa Velharia

Das 12:00 às 13:00

No comando: Tarde Tropical

Das 15:00 às 17:00

No comando: Flash Hits

Das 19:00 às 21:00

No comando: A voz do Brasil

Das 21:00 às 22:00

No comando: Palco Brasil

Das 22:00 às 23:59

Região de Sorocaba tem queda de 21% em mortes no trânsito

De acordo com os novos dados do Infosiga SP, sistema do Governo do Estado gerenciado pelo programa Respeito à Vida e Detran.SP, a região de Sorocaba teve queda de 21% em mortes no trânsito na comparação entre os meses de janeiro de 2021 e 2022. Foram apontadas 28 ocorrências fatais no ano passado contra 22 no primeiro mês deste ano.

A queda também ocorre no número total de acidentes com vítimas, que incluem ocorrências não fatais, com uma diminuição de 12% na comparação entre janeiro de 2021 com 2022, de 916 para 803 ocorrências.

Houve queda de 57% nas mortes envolvendo motociclistas na comparação entre os meses de janeiro de 2021 e 2022. O número de 14 óbitos no trânsito no ano passado caiu para 6 neste ano. Em relação às ocorrências fatais com ciclistas, em janeiro de 2021 foram apontados três casos contra um óbito registrado no mesmo período em 2022, queda de 67%. Também foi registrada redução de 33% nos óbitos de ocupantes de automóveis, de nove ocorrências em janeiro de 2021 para seis no mesmo período deste ano. Em relação às ocorrências fatais com pedestres, houve um aumento de duas fatalidades no trânsito em janeiro de 2021 para seis em janeiro de 2022.

 

No Estado, a queda é de 10%

O Estado de São Paulo teve queda de 10% nas mortes no trânsito na comparação entre os meses de janeiro de 2021 e 2022. Foram apontadas 362 ocorrências fatais no ano passado contra 326 no primeiro mês deste ano.

A queda também ocorre no número total de acidentes com vítimas, que incluem ocorrências não fatais, com uma diminuição de 11% na comparação entre janeiro de 2021 com 2022, de 14.276 para 12.677 ocorrências.

Houve diminuição de 21% nas mortes de motociclistas na comparação entre os meses de janeiro de 2021 e 2022. O número de 151 óbitos no trânsito no ano passado caiu para 119 neste ano. Em relação às ocorrências fatais com ciclistas, em janeiro de 2021 foram apontados 26 casos contra 19 óbitos registrados no mesmo período em 2022, queda de 27%. Também foi registrada redução de 3% nos óbitos de pedestres, de 69 ocorrências em janeiro de 2021 para 67 no mesmo período deste ano. Em relação às ocorrências fatais com ocupantes de automóveis, foi registrado pequeno aumento nas fatalidades no trânsito, de 87 em janeiro de 2021 para 88 em janeiro de 2022.

 

Sobre o programa Respeito à Vida

Programa do Governo do Estado de São Paulo, atua como articulador de ações com foco na redução de acidentes de trânsito. Gerido pela Secretaria de Governo por meio do Detran.SP, envolve ainda as secretarias de Comunicação, Educação, Segurança Pública, Saúde, Logística e Transportes, Transportes Metropolitanos, Desenvolvimento Regional, Desenvolvimento Econômico e Direitos da Pessoa com Deficiência.

O Respeito à Vida também é responsável pela gestão do Infosiga SP, sistema pioneiro no Brasil, que publica mensalmente estatísticas sobre acidentes com vítimas de trânsito nos 645 municípios do Estado. O programa mobiliza a sociedade civil por meio de parcerias com empresas e associações do setor privado, além de entidades do terceiro setor. Em outra frente, promove convênios com municípios para a realização de intervenções de engenharia e ações de educação e fiscalização.

Diversas medidas têm sido adotadas para reduzir a mortalidade relacionada nas rodovias do Estado de São Paulo. Entre elas, algumas de maior impacto podem ser destacadas.

Deixe seu comentário: